O Clã Te Mo

Clã constituído principalmente de ladrões e salteadores; são os mais ariscos e furtivos de toda a Cidade Vermelha. Planejam grandes saques, falsificam documentos, se disfarçam, se apoderam das moedas de alguns transeuntes distraídos, repassam mercadorias falsificadas e muitas outras coisas. Qualquer ação relacionada a extorsão, pirataria, roubos e outros feitos de ladinos, provavelmente estará ligada aos Te Mo. Costumam provocar a milícia, cometendo roubos apenas por esporte e diversão. Quanto mais difícil for, maior será a vontade de um Te Mo de praticar o ato. Alguns tantos não roubam pelo dinheiro, apenas pelo perigo que representa. Já outros, disputam influências, contatos e pontos de venda de produtos roubados e falsificados com suas variadas divisões internas.

Muitas vezes são empregados como espiões, detetives ou meros informantes. Uma lenda que gira em torno dos Te Mo, é a de que o dinheiro e objetos roubados são revertidos em prol dos menos favorecidos, já que a maioria não rouba por dinheiro. Sempre há doações para famílias pobres e se alguém precisar de dinheiro ou ajuda, pode recorrer aos Te Mo, precisando, apenas efetuar alguns favores para os Te Mo em um futuro próximo; até que a dívida esteja paga. Outro fato é que o dinheiro de um saque é sempre divido igualmente para aqueles que participaram, sem briga alguma e outras vezes, é revertido em doação para alguns Te Mo em dificuldades.

Naturalmente os Tuk Di vivem tentando prender e enforcar um Te Mo, mas em geral conseguem escapar através de suas habilidades furtivas, por intervenção dos Li Zen que resulta em um acordo com os Ci Co. Na história, há registros antigos que mostram alguns Te Mo mostrando várias práticas ladinas, principalmente na época das Entradas, que foi de muita utilidade para o povo Nu. Chegaram a adquirir título de nobreza alguns séculos mais tarde. Construíram a própria Rua então e lá viveram por muito tempo, até que durante uma das guerras contra os Shinianosh, exércitos de Tuk Di incendiaram a Rua e mataram muitas mulheres e crianças Te Mo. Por intervenção Tuk Di, a nomeação de nobreza foi anulada. Em represália, os Te Mo, mataram o patriarca dos Tuk Di, mas jamais conseguiram suas terras e o título de volta, ficando impedidos de reconstruírem sua Rua.

Outras denominações: Ladrões, Ladinos, Gatunos, Criminosos, Assaltantes e Espiões.

Aparência: Os Te Mo, em geral, vivem disfarçados de pessoas de outro Clã, normalmente, Clãs camponeses. Suas próprias roupas são utilizadas nos submundos das grandes cidades, quase restritas à grandes eventos.

Localização: Como não possuem mais sua Rua, os Te Mo vivem espalhados pelo submundo das cidades, em bosques e florestas e em rochedos e cavernas. Nesses lugares, sempre muito bem escondidos, que se localizam toda a riqueza roubada e onde se arquitetam os planos de saque e roubo.

O Clã Te Mo

Drakullia eliasmpjunior eliasmpjunior